PEC 300 na Revista Época

0 Flares 0 Flares ×

PEC 300 na Revista Época

A Revista Época, uma das mais lidas e respeitadas revistas brasileiras, publicou em seu site uma matéria onde discute a remuneração das polícias militares brasileiras. Em destaque, as PM’s do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, as piores na questão salarial. Em certa altura da matéria, Época cita a PEC 300:

“O combate às horas extras e à informalidade deu origem a iniciativas para tentar obrigar os Estados a aumentar a remuneração dos soldados. Entre elas está a Proposta de Emenda Constitucional 300/08, atualmente em discussão na Câmara dos Deputados. Ela propõe equiparar os salários de todos os Estados ao valor pago aos soldados no Distrito Federal (R$ 3.869,56), criando um piso nacional para a categoria.”

Alguns especialistas e autoridades foram consultados sobre a viabilidade da PEC, e TODOS os consultados desacreditaram a medida. Pior: a Época fez uma enquete onde associa o aumento salarial das polícias a um suposto aumento de impostos:

PEC 300 - Enquete na Revista Época

A comparação é perversa e mal-intencionada. O Rio Grande do Sul – o pior salário do Brasil – precisaria de algo em torno de 700 milhões de reais nas despesas para implementar a PEC 300, segundo diz o secretário de Planejamento gaúcho na matéria. Porém, em estados como a Bahia, que possui mais policiais, mas que o salário é significativamente melhor, o que faz com que o impacto seja menor, vemos notícias como a que se segue:

GOVERNO WAGNER AMPLIA GASTOS COM PUBLICIDADE

O governo do estado publicou nesta quarta-feira (11) edital para a contratação de cinco empresas de comunicação que irão fazer a propaganda institucional da gestão Jaques Wagner (PT) durante o ano de 2009. São cinco lotes no valor de R$129,1 milhões.

Leia tudo no Bahia Notícias

Além de ignorar as peculiaridades locais, a revista seleciona os entrevistados, e direciona as opiniões a uma parcialidade lamentável. A existência dessas forças adversas é mais um motivo para os policiais e bombeiros militares de todo o Brasil se unirem em torno da causa, que é possível, mas depende de muito mais mobilização.

Comments

  1. Por Ulisses Coelho de Souza PMMG

    Responder
  2. Por Ulisses Coelho de Souza PMMG

    Responder
  3. Por Antonio Cleomir de Lima

    Responder
  4. Por antenor campos

    Responder
  5. Por ALEX GONDIM LIMA

    Responder
  6. Por SD PMBA JESUS

    Responder
  7. Por SD PMAM

    Responder
  8. Por SD FONSECA

    Responder
  9. Por wagner

    Responder
  10. Por SAMUEL

    Responder
  11. Por Azambuja PMBA

    Responder
  12. Por FiremanDF

    Responder
  13. Por Aritana Almeida

    Responder
  14. Por SD PMBA Anisio Cavalcanti

    Responder
  15. Por Borges SD PMCE

    Responder
  16. Por Ivan R. Alves Subten PMPR

    Responder
  17. Por GARCIA

    Responder
  18. Por Rafael

    Responder
  19. Por Flavio advogado

    Responder
  20. Por Andrea

    Responder
  21. Por Alexandre Novaes

    Responder
  22. Por Silva Santos

    Responder
  23. Por SD PMBA JESUS

    Responder
  24. Por sd.silva ferreira

    Responder
  25. Por SD PMPA XYZ

    Responder
  26. Por kenedi correa lirio

    Responder
  27. Por Darvil homero ferreira

    Responder
  28. Por zaqueu

    Responder
  29. Por cb pmmg s.....

    Responder
  30. Por TRABALHADOR

    Responder
  31. Por TRABALHADOR

    Responder
  32. Por WRUBATAN

    Responder
  33. Por Eustáquio Murilo

    Responder
  34. Por Eustáquio Murilo PMMG

    Responder
  35. Por sd PMBA

    Responder
  36. Por pereira da silva

    Responder
  37. Por Jader Vieira

    Responder
  38. Por Cb PM Saul PMESP

    Responder
  39. Por SD PM Macedo

    Responder
  40. Por CLAUDIO

    Responder
  41. Por Alexandre Borges

    Responder
  42. Por odacir da rosa luiz

    Responder
  43. Por jones leandro da silva

    Responder
  44. Por CB LUIZ

    Responder
  45. Por Bruno Souza

    Responder
  46. Por Geraldo

    Responder
  47. Por f1tpp5v

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×