PMERJ e PCERJ receberão nova “Bolsa Formação”

0 Flares 0 Flares ×

PRONASCIO Governo Lula tem sido caracterizado pelos benefícios sociais que está concedendo à população. As “bolsas” são alvo de crítica por transferir renda a necessitados sem lhes garantir uma forma de manter o recurso após o término dos programas. É o que se quer dizer com o batido bordão: “o importante não é dar o peixe, mas ensinar a pescar”. A Bolsa Formação, benefício social concedido pelo Governo Federal mediante o PRONASCI, é um deles, consistindo no repasse de R$400,00 para os policiais que realizarem cursos oferecidos pelo Ministério da Justiça, contanto que o profissional tenha proventos não superiores a R$1.700,00 brutos.

O estado do Rio de Janeiro, atualmente, é o maior beneficiado com a Bolsa Formação, com cerca de 30.000 policiais inscritos. Com policiais tendo um dos salários mais baixos do país, o Governo Federal decidiu conceder um novo benefício aos cariocas, visando, principalmente, as Olímpiadas de 2016:

“O governo federal vai criar uma nova gratificação para policiais civis e militares do Rio de Janeiro. Até o início do próximo ano, o Ministério da Justiça (MJ) enviará ao Congresso Nacional projeto de lei que concede o benefício aos policiais até 2016, ano das Olimpíadas. O projeto é semelhante ao Bolsa Formação do Pronasci, que oferece uma complementação salarial de R$ 400 mensais a profissionais de segurança pública que participam dos cursos de capacitação e especialização promovidos pelo MJ. O objetivo é prepará-los para uma melhor atuação antes, durante e depois dos Jogos Olímpicos de 2016.”

Leia a íntegra do informativo PRONASCI.

A idéia é que o benefício, que pretende-se que seja maior que os atuais quatrocentos reais da Bolsa, seja incorporado pelo estado do Rio de Janeiro após as Olimpíadas de 2016.

Trata-se de mais um remendo no contracheque dos policiais cariocas, que a curto prazo agrada e supre necessidades, mas não traz a compensação que um salário real, digno e sustentavel traria. É preciso que a remuneração dos policiais brasileiros tenha uma diretriz especificando valores satisfatórios à sobrevivência do profissional de segurança pública. Criar uma gratificação para cada momento de extrema necessidade, como as Olimpíadas, mostra o quanto os governantes tratam de modo chantagista e condicionante a classe policial.

No Congresso Nacional tramitam propostas de emenda constitucional se referindo ao estabelecimento de salários unificados para os policiais brasileiros. A PEC 300, principalmente, estabelece a equiparação dos salários das PM’s brasileiras ao da PMDF. Já a PEC 41 estabelece um piso nacional para as polícias – sem dizer nem vincular o valor. Torço pela PEC 300, ou por um piso razoável, com a garantia de renovação e crescimento anual. Isso sim, para os policiais, é ensinar a pescar.

Comments

  1. Por pedro ctba

    Responder
  2. Por luis vasconcelos

    Responder
  3. Por Flavio

    Responder
  4. Por claudio pmpb

    Responder
  5. Por sd pm

    Responder
  6. Por greve geral

    Responder
  7. Por PMERJ

    Responder
  8. Por pm ro

    Responder
  9. Por ALEXANDRE LUIZ DE ARAUJO

    Responder
  10. Por JULIO DA SILVA BILA

    Responder
  11. Por SD JESUS

    Responder
  12. Por fabio silva de souza

    Responder
  13. Por carlos

    Responder
  14. Por felipe

    Responder
  15. Por fernando ferreira

    Responder
  16. Por fernando ferreira

    Responder
  17. Por carlos magno

    Responder
  18. Por antonio vicente

    Responder
  19. Por Tocantins

    Responder
  20. Por Sd Nonato PMPE

    Responder
  21. Por cb bm oliveira

    Responder
  22. Por Cb bm ANSELMO

    Responder
  23. Por claudinei

    Responder
  24. Por paulo pereira

    Responder
  25. Por paulo pereira

    Responder
  26. Por silva

    Responder
  27. Por cap caverna

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×