Governo anuncia proposta de aumento da PMMG

119 Flares 119 Flares ×

Após a realização de assembleias e passeatas que contaram com mais de dez mil policiais e bombeiros militares, em belas demonstrações de união de sua tropa, a Polícia Militar de Minas Gerais possui uma proposta de aumento salarial emitida pelo Governo do estado. O anúncio surge num contexto favorável aos policiais e bombeiros militares, pois além da tropa mineira estar amplamente mobilizada, as reivindicações dos Bombeiros Militares do Rio de Janeiro chamou a atenção da mídia para a situação salarial dos PM’s e BM’s brasileiros.

Vejam abaixo o texto assinado pelo Coronel PMMG Renato, Comandante Geral da Corporação, tratando do reajuste:

Prezado Integrante da PMMG,

O Excelentíssimo Senhor Governador Antonio Anastasia acaba de anunciar a política de reajuste salarial para área de segurança pública, que irá vigorar no período de 2011 a 2015, cuja proposta será remetida à Assembléia Legislativa. A proposta em questão aumenta o valor do salário na PMMG, de forma linear, em 97% (NOVENTA E SETE POR CENTO), atingindo ativos, inativos, pensionistas e funcionários civis, o que elevará o piso salarial do Soldado com 00 quinquênio de R$2.041,73 para R$4.022,24, ao final do período.

No período de 2004 a 2010, o Governo do Estado concedeu uma série de aumentos que possibilitaram dobrar o valor dos vencimentos pagos aos integrantes da PMMG. Em 2004: 6%; 2005: 14,4%; 2006: 10%; 2007: 10%; 2008: 10%; 2009: 10%; 2010: 15%, totalizando, no período (acumulado), 104,17%, em SETE ANOS.

Com o aumento anunciado, passarão a vigorar novos índices: em Dez2011: 7%; Out2012: 10%; Ago2013: 13%; Jun2014: 15%; Dez2014: 12% e Abr2015: 15%, totalizando 97% acumulados no período, em apenas QUATRO ANOS.

É inegável a atenção que o Governo do Estado tem dispensado à Polícia Militar: criação da “promoção por tempo de serviço” em 2004, beneficiando 11.000 Soldados até o momento; ampliação das promoções por tempo de serviço (3.300 militares somente em 2010-2011, beneficiados pela convocação do CEFS); concessão de auxílio-invalidez; autorização para transferência à inatividade aos 25 anos para mulher; 25 dias úteis de férias anuais; abertura de condições especiais para militares dispensados progredirem na carreira; criação do PROMORAR (3.500 famílias beneficiadas até o momento), inclusão da paridade no dispositivo legal e estabelecimento de nível superior para todos os cursos da Polícia Militar. Enfim, o Governo vem criando melhores condições de trabalho com foco na valorização das pessoas.

Essa política salarial é resultado da seriedade, ética e atuação conjunta liderada pelo Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, que tantos avanços têm proporcionado à qualidade de vida dos integrantes da nossa Organização e a seus familiares. Deve-se também à ação integrada e participativa do Alto Comando da PMMG, das entidades de classe e parlamentares que contribuíram para que pudéssemos apresentar ao Governo nossas necessidades e propostas.

Agradeço o apoio e a participação de todos para essa importantíssima nova conquista, que nos conduz, de fato, ao ideal de nos situarmos entre as mais bem remuneradas polícias militares do Brasil. Tenham todos a certeza de que o profissionalismo e alto desempenho são as garantias da legitimidade dos pleitos dos Integrantes da PMMG perante o Governo e a opinião pública.

Cordialmente,

Renato, Cel PM
Comandante-Geral

De fato, em se confirmando a aprovação desta proposta, em 2015, o salário ABSOLUTO do soldado da PMMG será de R$4.022,24. Mas certamente o valor RELATIVO é menos vultoso, pois há que se lembrar da incidência inflacionária, já que o aumento salarial efetivo só se dá quando há aumento do poder de compra.

Observando as postagens de policiais da PMMG em comunidades nas redes sociais, percebe-se que os PM’s e BM’s não ficaram muito satisfeitos com a diluição do reajuste em tempo tão longo. Mas a aceitação ou não da proposta do governo pelos policiais e bombeiros se dará no dia 08 de junho, quando os policiais farão uma Assembleia para discutir a proposta. Dado o contexto, os representantes da categoria terão uma ótima oportunidade para exigir mais empenho do Governo na concessão do aumento, e o próprio Governo poderá aparecer na mídia como o contrário do mau exemplo que dá o Governo do Rio de Janeiro. Se tudo der certo, todos saem ganhando.

Comments

  1. Por Flavio Budoia

    Responder
  2. Por claudino

    Responder
  3. Por claudino

    Responder
  4. Por Kiko

    Responder
  5. Por Tomé - Três Corações

    Responder
  6. Por Nana

    Responder
  7. Por PM Cansado

    Responder
  8. Por Brigadiano

    Responder
  9. Por Sto Vergionha

    Responder
  10. Por Sto Vergionha

    Responder
  11. Por Vivi

    Responder
  12. Por sd coitado

    Responder
  13. Por cabo serra abaixo

    Responder
  14. Por Ricardo

    Responder
  15. Por Sd Leonardo

    Responder
  16. Por Geraldo!!

    Responder
  17. Por Victor F. Fonseca

    Responder
  18. Por ANTONIO CARLOS

    Responder
  19. Por soRdado abaixo de zero.

    Responder
  20. Por ANTONIO CARLOS

    Responder
  21. Por Sgt Pm

    Responder
  22. Por Vanderson

    Responder
  23. Por Leandro

    Responder
  24. Por oficial combatente da PMAL

    Responder
  25. Por ANTONIO CARLOS

    Responder
  26. Por pm sergipe

    Responder
  27. Por Sd PM Nunes (O Verdadeiro)

    Responder
  28. Por meu nome e mocorongo

    Responder
  29. Por marcelo

    Responder
  30. Por marcelo

    Responder
  31. Por paulo

    Responder
  32. Por paulo

    Responder
  33. Por paulo

    Responder
  34. Por marcio andrade souza

    Responder
  35. Por misael silva

    Responder
  36. Por Eduardo

    Responder
  37. Por F. Souza

    Responder
  38. Por manoel

    Responder
  39. Por italo

    Responder
  40. Por italo

    Responder
  41. Por misael silva

    Responder
  42. Por Sgt de Polícia

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

119 Flares Twitter 8 Facebook 110 Google+ 1 Email -- 119 Flares ×