Pesquisa no Rio estuda rejeição ao “Bandido Bom é Bandido Morto” 
Rio de Janeiro bate recorde de homicídios 
256 cidades do Estado de São Paulo não possuem Delegado 

CFO PMBA 2012

O Abordagem Policial teve mais uma referência da credibilidade e relevância do conteúdo que publicamos aqui. No concurso para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar da Bahia (CFO PMBA 2012), realizado no último domingo, um texto publicado em nosso blog foi utilizado para interpretação dos candidatos, na prova de Português (página 02). O texto é do Capitão PMBA Rosuilson Cardoso, intitulado "Dedicação e responsabilidade não exigem tempo de serviço", e foi publicado em setembro de 2011: Conheço excelentes profissionais que, apesar de possuírem muitos anos de serviço prestado à instituição e de terem idade superior àquela tida como imprescindível para o exercício da atividade policial em determinadas Unidades, se mantêm permanentemente empenhados e vibrantes nas ocorrências que se envolvem durante a execução do serviço, além de cônscios da importância da função que desempenham para a preservação da ordem pública. Por outro lado, também conheço integrantes dos órgãos de segurança pública que mal ingressaram nas suas fileiras e já se mostram cansados, apáticos e indiferentes aos problemas e soluções afetas ao seu objeto de trabalho. Dedicação e responsabilidade não se medem por idade ou tempo de serviço prestado. Estes são requisitos essenciais e sempre presentes no bom profissional, independente da percepção de benefícios de ordem financeira (gratificações, horas-extras ou diárias) ou da externação de reconhecimento institucional (elogios ou recompensas do serviço) que, diga-se de passagem, são sempre bons de serem recebidos, mas que não podem (ou não deveriam) se constituir no objetivo final ou único das ações empreendidas. Difícil, no entanto, é conseguir manter motivado um profissional que, já se vendo desmerecido, agora se sente ultrapassado, pois, em razão da sua idade ou tempo de serviço (como se estes fossem fatores negativos), não consegue sequer participar de um processo seletivo para preenchimento dos claros existentes em determinadas Unidades. Afinal, qual é o objetivo a ser atingido quando se estabelece esse tipo de medida? Se existem mais candidatos do que vagas ociosas (como em qualquer processo seletivo), que os critérios de seleção sejam muito mais objetivos e carreados de isonomia (avaliação intelectual; avaliação médica; teste de aptidão física; teste de habilidade específica; sindicância social etc.) do que amparados em análises subjetivas que carecem de justificativa científica ou fática. Permitir que os policiais militares interessados e que se julgam capacitados a fazer parte do efetivo de uma Unidade Especializada ou de serem mobilizados para outro órgão de atuação nacional participem do processo seletivo sem qualquer impedimento de ordem temporal (idade ou tempo de serviço), além de atender aos princípios da administração pública, sobretudo o da eficiência, se constitui num mecanismo de estímulo ao contínuo aperfeiçoamento e respeito aos anseios de profissionais que buscam alcançar suas conquistas e objetivos através de méritos próprios e justos. Parabéns ao Capitão Rosuilson pelo excelente texto, e obrigado à Consultec e à UNEB, que reafirmaram a credibilidade do Abordagem Policial. ;)
Os candidatos ao Concurso para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar da Bahia 2012 acabam de sanar uma dúvida recorrente sobre o certame: o procedimento a se realizar para ter acesso ao Cartão de Convocação, com dados referentes ao horário e local de prova. A convocação foi publicada no site do concurso: 1.1 A entrega do Cartão de Convocação será feita PRESENCIALMENTE, no período de 20 a 23/11/2012, EXCLUSIVAMENTE ao Candidato cuja inscrição foi deferida, em razão da necessidade de coleta da impressão digital no ato da retirada do Documento; 1.2 O Cartão de Convocação conterá os seguintes dados: nome, número do documento de identidade, número de inscrição, opção de vaga, local (estabelecimento de ensino), cidade de realização das Provas e outras informações complementares; 1.3 Para identificar o local, data e horário em que deverá retirar o Cartão de Convocação o candidato deverá; 1.3.1. Acessar área reservada nos sites www.concursopm.uneb.br/ e www.consultec.com.br/, no período de 15/11/2012 a 20/11/2012 e tomar ciência das exigências para retirada do Cartão; 1.3.2 Registrar os dados de identificação solicitados, data de nascimento e número de inscrição ou CPF; 1.3.3 Imprimir a tela que consta endereço e informações do local, data e horário para retirada do Cartão. 1.4 Para retirada do Cartão de Convocação o Candidato deverá apresentar: 1.4.1 Uma cópia e original do documento de identidade com o qual se inscreveu, cuja data de expedição não seja superior a 05 (cinco) anos; 1.4.2 Duas fotografias 3X4 recentes de frente e de cabeça descoberta. As fotografias 3X4 deverão ser coloridas, datadas a partir de janeiro de 2012. Só serão aceitas fotografias digitais impressas em papel fotográficos, data impressa e com qualidade igual ou superior ao das fotografias convencionais; ATENÇÃO! Não será aceita fotografia 3X4 reproduzida com uso de scanner ou meios eletrônicos similares. Clique e leia o edital de convocação!
Indicamos recentemente aqui no Abordagem Policial o Programa Redação Nota Dez, para os candidatos ao Curso de Formação de Oficiais (CFO) e ao Curso de Formação de Soldados (CFSd) da Polícia Militar da Bahia interessados em um bom desempenho na prova de redação. Através do Redação Nota Dez, os concurseiros podem entender melhor as provas de redação desses concursos, tendo a colaboração de quem analisou provas anteriores e tem a necessária competência para corrigir textos dos inscritos - enviados via email - e sugerir melhorias que garantam uma boa nota no concurso. As redações são corrigidas observando desde margens e espaçamentos até concordância, prolixidade, fuga do tema etc. Tudo isso por um custo baixíssimo, em comparação com cursos regulares de redação, que ainda exigem a presença do candidato em sala. Para atestar aos nossos leitores a qualidade do trabalho, segue alguns depoimentos de candidatos que estão participando das turmas para o CFO PMBA: "Estou gostando bastante de seus materiais. Mais uma vez, parabenizo. Estou acompanhando tudo o que me manda." – Carlos Silva, CFO PMBA 2012, Turma 01 "Bom dia, Professora! Fiquei muito feliz com os seus comentários. Tenho me esforçado no que posso. Tenha certeza de que se não fosse pela senhora, talvez não conseguiria progredir. Volto a comentar o que digo deste quando me enviou os primeiros materiais: sua forma de trabalho é muito boa, tenha certeza de que comento com todos sobre o seu curso." - Idem "Apesar de estar no início do curso, eu estou muito confiante e gostando bastante da sua didática." – Jackson Dourado, CFO PMBA 2012, Turma 01 "Obrigado pelas as orientações. Está de parabéns o seu curso!" – Raphaell Emmanuell, CFO PMBA 2012, Turma 01 "É importante ressaltar que estou muito contente e satisfeito com o trabalho realizado, o material é muito bom e está me ajudando bastante." – Rafael Ribeiro, CFO PMBA 2012, Turma 02 Como se vê, a repercussão entre os alunos tem sido positiva. Se você vai fazer o concurso de Soldados da PMBA ainda dá tempo: garanta uma das últimas vagas e se dê bem na redação do concurso. Clique aqui para fazer sua inscrição! Clique e entenda melhor o Redação Nota Dez
Sugerimos recentemente aqui no blog uma grande oportunidade para aqueles candidatos ao Concurso do Curso de Formação de Oficiais PMBA 2012 que querem garantir uma boa prova de redação, o programa Redação Nota Dez (www.redacaonotadez.com.br), um mecanismo totalmente online de acompanhamento e suporte para a escrita de textos em conformidade com o que é cobrado nos concursos para o CFO PMBA. Para quem não lembra, eis os motivos que fazem com que o Abordagem Policial indiquem este curso: - Por ser um programa totalmente online, ele se adequa com o perfil do nosso leitor, usuário de internet e que geralmente não tem muito tempo para frequentar cursos presenciais; - A redação tem sido o diferencial para a aprovação dos candidatos ao Curso de Formação de Oficiais da Bahia nos últimos anos. Basta observar o desempenho dos aprovados em comparação com aqueles que "quase" passaram para verificar isto; - O Redação Nota Dez é uma iniciativa de quem tem experiência em correções e revisões textuais, com formação específica para dar todo o suporte aos candidatos. Para se ter ideia do que a redação representa para o CFO PMBA basta dizer que quase todos os candidatos aprovados nos concursos anteriores alcançaram o índice de mais de 80% de correção do texto. Ou seja: ou você se dedica à redação, ou terá problemas para estar entre as 120 vagas disponibilizadas. Para quem entende o que estamos tentando mostrar, a boa notícia é que o Redação Nota Dez abriu mais uma turma, já que a primeira, com 30 vagas, teve todas as inscrições realizadas em menos de uma semana. Esta nova turma, porém, tem o limite de 15 inscritos, metade da turma anterior. Por isso, não perca tempo: vá ao site do Redação Nota Dez e faça sua inscrição (clique aqui)! O investimento é de apenas R$120,00 pagos em até doze vezes no cartão de crédito ou à vista no boleto ou transferência bancária. Tire suas dúvidas: - Como funciona o Redação Nota Dez; - Quem corrige as redações; - Cronograma e mensagem aos candidatos ao CFO PMBA 2012; - Entre em contato.
Após cancelar o concurso para o Curso de Formação de Oficiais 2012, antes com 300 vagas, a Polícia Militar da Bahia (PMBA) republicou o edital, com 120 vagas, conforme havia anunciado anteriormente. Na verdade, a quantidade de vagas disponibilizada não difere do que tradicionalmente a corporação vem fazendo nos últimos anos - 108 vagas para o gênero masculino e 12 vagas para o gênero feminino. Abaixo, os requisitos básicos para tornar-se um aluno-a-oficial da PMBA: a) Ser brasileiro nato ou naturalizado; b) Ter no mínimo 18 (dezoito) e no máximo 30 (trinta) anos de idade completos, comprovados por meio de documento de identidade atualizado, na data da matrícula no Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar. Considera-se com 30 (trinta) anos o candidato que tenha até 30 (trinta) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias no ato da matrícula no CFOPM; c) Estar em dia com o Serviço Militar Obrigatório; d) Quando ex-militar, ter sido licenciado da Corporação, no mínimo, no comportamento "BOM"; e) Se militar das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, possuir autorização e parecer favorável à inscrição, assinados por seu comandante (Cmt), chefe (Ch) ou diretor (Dir); sendo praça, estar classificado, no mínimo, no comportamento "BOM"; f) Ser eleitor e achar-se em gozo dos seus direitos políticos; g) Possuir idoneidade moral, comprovada, principalmente, por meio de folha corrida policial e judicial, e não ter sido condenado em processo administrativo, se servidor público ou militar, nos últimos cinco anos, com fundamento que possa incompatibilizá-lo com o exercício da função policial-militar; h) Possuir aptidão física e mental, comprovada mediante exames psicológicos, médico-odontológicos e testes físicos, na forma prevista neste Edital; i) Possuir estatura mínima de 1,60m, para candidatos do sexo masculino, e 1,55m, para candidatos do sexo feminino; j) Possuir o curso de Ensino Médio completo (antigo 2º grau) ou equivalente, no ato da matrícula; k) Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria B; l) Conhecer e estar de acordo com as exigências contidas neste Edital. (mais…)