Durante a crise, empresas de segurança privada crescem no Brasil 
Governo Temer planeja endurecimento de penas no Brasil 
Como as crianças brasileiras percebem a violência? 

Comunidade Segura

Quem pesquisa e acompanha as ações de segurança pública na WEB certamente já visitou o Comunidade Segura, uma rede de idéias e práticas em segurança cidadã que tem abrangência internacional. Leiam a apresentação do site: "Comunidade Segura é um espaço de troca de informações sobre a segurança das comunidades e das pessoas. Nossa cobertura é internacional, com foco especial sobre a América Latina e Caribe, mas abrangendo outras regiões conforme a dinâmica dos problemas e das soluções. Acreditamos que a violência deve ser melhor analisada e discutida por uma variedade de setores: os profissionais da área, policiais, operadores do direito, mas também pesquisadores, jornalistas, educadores, políticos, ONGs, movimentos sociais, vítimas e agressores, homens, mulheres e jovens. Criar um ambiente seguro é dever de todos. Se você também procura soluções para a insegurança, junte-se a nós, faça parte desta comunidade. Você vai descobrir que não somos poucos." A novidade é que o Comunidade Segura publicou o que eu considero uma das melhores matérias tratando da Blogosfera Policial Brasileira, com o título "Vozes desaquarteladas", criado pela jornalista Marina Lemle, autora do texto. Ela tratou do III Encontro do FBSP, e deu aos seus leitores uma boa visão do que é a Blogosfera Policial: "A rede mundial de computadores parece ter sido adotada pelos profissionais do sistema de segurança pública como meio de expressar opinião, anseios, insatisfações e até críticas às suas corporações". No site tem palavras minhas, do Tenente Alexandre, do Major Wanderby, do Stive, da Silvia Ramos, do Eduardo Machado e do Jorge Antonio de Barros sobre a utilização dos blogs para tratar de segurança pública. Convido os leitores do Abordagem a visitar o Comunidade Segura, que, além da matéria sobre a Blogosfera Policial, traz pautas interessantíssimas para quem se interessa em discutir o tema. E não esqueçam de deixar comentários... Links: - Comunidade Segura - www.comunidadesegura.org - Matéria "Vozes desaquarteladas" - www.comunidadesegura.org/pt-br/MATERIA-vozes-desaquarteladas