Os problemas com as armas Taurus 
Mulheres com medidas protetivas poderão acionar botão para chamar a polícia em Pernambuco 
Jovens são presos por desacato após comentar ações de policiais 

Formatura Soldados

Os leitores do Abordagem estranharam a falta de atualizações na semana que se passou. Venho agora explicar o motivo da nossa ausência: a Jornada de Instrução Policial Militar (JIPOM), que ocorreu no Parque de Exposições de Salvador, no Batalhão de Choque (BPChq) e no Esquadrão de Polícia Montada e mobilizou diversas outras unidades da PMBA. A JIPOM funciona como um paralelo entre a teoria e a prática, onde primeiro os alunos-a-oficiais recebem instruções de oficiais especializados em determinado tipo de ação policial (abordagem a edificação, abordagem a coletivo, abordagem a veículo, etc.) e posteriormente passam por simulações nas oficinas – com armamento real e munições de festim, viaturas de unidades operacionais e central de telecomunicação. Alunos-a-oficiais da PMBA na JIPOM: técnica policial aplicada Toda atuação dos alunos é avaliada pelos oficiais, que atribuem notas a aspectos relacionados à segurança, atitude, conhecimento da legislação, controle emocional, etc. Trata-se de uma jornada eminentemente técnica, onde o profissionalismo é colocado em primeiro plano. O percebido foi que a esmagadora maioria dos alunos do 3º CFOPM que participaram, gostaram muito das instruções e simulações, sendo o único lamento o fato de haver apenas uma JIPOM nos 3 anos do curso. O ideal seria uma JIPOM a cada semestre, e que esse tipo de atividade não se limitasse ao Curso de Formação de Oficiais, mas aos demais cursos de formação e à tropa como um todo, já que sempre é preciso renovar os paradigmas da atuação policial. * * * Alguns fatos que se passaram nesta semana nós não podemos deixar de registrar aqui no Abordagem, são eles: - A aprovação do Projeto de Lei que modifica a carreira dos policiais militares e cria e extingue algumas unidades, dentre outros aspectos. Após a sanção do Governador do Estado, a PMBA voltará a ter em seus quadros cabos e subtenentes. Clique aqui e leia o Projeto de Lei e todas as emendas ao projeto que foram propostas. (Mais no ATarde e na Agecom); - Continua a negociação entre os policiais civis baianos e o Governo do Estado, no sentido de aprovar o Projeto de Lei Orgânica da Polícia Civil, que já foi encaminhado à Assembléia Legislativa. Apesar do encaminhamento, os policiais civis reclamam da supressão de alguns pontos essenciais no Projeto, tais como a estrutura organizacional do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e a aposentadoria especial aos 30 anos de serviço. Quanto à greve, leiam o post do blog de Samuel Celestino: Apesar de oficialmente encerrada a greve dos policiais civis, a categoria votou nesta sexta-feira (19) a manutenção do estado de paralisação até que a Assembléia Legislativa vote em definitivo a Lei Orgânica dos trabalhadores. Algumas emendas foram tiradas do projeto, o que renderá reuniões na semana que vem com deputados estaduais para negociar o retorno de algumas delas, consideradas importantes pelos policiais. Uma outra assembléia será realizada no dia 29 deste mês. - Nesta sexta-feira (19), ocorreu a formatura dos 3200 soldados do último concurso realizado pela PMBA. Oxigênio novo na corporação, e um grande reforço para o serviço policial militar. Os novatos têm um papel importante em qualquer organização, já que acabaram de mudar de posição social, podendo fazer um paralelo imediato entre ser um cidadão e ser um cidadão policial. Que eles nunca se esqueçam, em sua atuação, do que foram e do que desejavam que a polícia fosse, antes de ingressar nela... Os 3200 soldados calouros desfilando em continência ao Governador do Estado - Foto: Manu Dias/AGECOM - Foram prorrogadas as inscrições para o novo concurso de 3200 vagas para soldado PM e BM da Bahia. Agora, os interessados têm até o dia 9 de janeiro para se inscrever. Clique aqui e saiba tudo sobre o concurso para soldado da PMBA. - O concurso para o Curso de Formação de Oficiais da PMBA, que ocorreria neste final de semana, foi adiado por tempo indeterminado. O motivo? Leiam o comunicado divulgado no site da UNEB: A Universidade do Estado da Bahia-UNEB tomou conhecimento, nesta data, de denúncia anônima, recebida pela CONSULTEC, sobre a possibilidade de ter sido tornado público conteúdo do material a ser aplicado no Processo Seletivo 2009 da Instituição. Diante da gravidade do fato e, no intuito de salvaguardar a lisura do Processo Seletivo e proteger os direitos dos candidatos inscritos, a Reitoria da Universidade, decidiu, em comum acordo com o Comando Geral da Polícia Militar/BA. e com a Diretoria da Consultec, SUSPENDER A APLICAÇÃO DAS PROVAS DO PROCESSO SELETIVO/CONCURSO VESTIBULAR 2009 DA UNEB, bem como das provas do CONCURSO/CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DA BAHIA (CFOPM), que se realizariam, simultaneamente, nos dias 21 e 22 de dezembro de 2008 (domingo e segunda-feira próximos), em Salvador e nos demais Campi da Uneb. Novas datas de aplicação das provas do Processo Seletivo 2009 da UNEB e do Concurso/Curso de Formação de Oficiais da PM/BA serão anunciadas oportunamente, através dos meios de comunicação social. Salvador, 19 de dezembro de 2008. Gabinete da Reitoria da UNEB Comando Geral da Polícia Militar/BA Diretoria da CONSULTEC