Os problemas com as armas Taurus 
Mulheres com medidas protetivas poderão acionar botão para chamar a polícia em Pernambuco 
Jovens são presos por desacato após comentar ações de policiais 

Homossexualismo

A foto acima foi tirada em Israel, e divulgada pelas Forças Armadas daquele país no contexto da campanha de combate à homofobia na instituição: "Em homenagem ao Dia Internacional contra a Homofobia (17 de maio), vamos observar os esforços contínuos da IDF (Israel Defence Forces) para aumentar a tolerância e a igualdade aos militares homossexuais": Em homenagem ao Dia Internacional contra a Homofobia, comemorado hoje (17 de maio) em todo o mundo, as Forças Armadas de Israel orgulham-se das etapas progressivas que tem levado à integração de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) militares, se destacando em relação a outras forças armadas em todo o mundo. O Comando das nossas Forças Armadas se comunica permanentemente com a comunidade homossexual, de modo a entender melhor os problemas que soldados homossexuais enfrentam durante o processo de recrutamento e serviço militar, abordando estas questões, e garantindo que as Forças Armadas sejam um ambiente de aceitação para os soldados homossexuais. Temos feito progressos inovadores ao longo do tempo, mas ainda estamos tentando melhorar progressivamente as condições do serviço militar de soldados gays. Leia mais (em inglês)... Grande exemplo de posicionamento institucional alinhado com o respeito às diferenças, prevenindo manifestações discriminatórias contra homossexuais. Difícil não recordar do caso em que um casal de sargentos do Exército Brasileiro alegaram ameaças e retaliações a sua sexualidade nas Forças Armadas. Que as polícias brasileiras sigam o exemplo de Israel... [Da Timeline do Roberto Camara Jr]
As questões relativas à sexualidade humana, nas últimas duas décadas, ganharam uma nova visibilidade na nossa sociedade, criando uma série de novos valores que remetem a normas sociais que extrapolam o simples respeito à dignidade da pessoa humana ou à liberdade individual dos cidadãos, no que diz respeito a sua orientação sexual. Nessa perspectiva, em meio às inúmeras e crescentes polêmicas que a temática encerra, é preciso esclarecer que a expressão "orientação sexual" se refere à afirmação de uma identidade pessoal cuja atração e/ou conduta sexual direcionam-se para alguém do mesmo sexo, do sexo oposto, a ambos os sexos ou a ninguém, portanto a homossexualidade é apenas uma das suas modalidades. Independentemente das inúmeras questões que também podem surgir das demais modalidades de orientação sexual, sem dúvida, a homossexualidade é a que mais tem colocado em cheque valores hegemônicos vigentes, gerando novos códigos morais e, também, grandes polêmicas no que diz respeito a uma suposta estimulação da homofobia por setores conservadores da sociedade, à exemplo das Forças Armadas e suas forças auxiliares. Sem dúvida, o homossexualismo, no âmbito militar, é um tabu, embora ninguém em sã consciência desconheça que, certamente, no âmbito castrense, existam pessoas com diversas modalidades de orientação sexual. (mais…)