Durante a crise, empresas de segurança privada crescem no Brasil 
Governo Temer planeja endurecimento de penas no Brasil 
Como as crianças brasileiras percebem a violência? 

Orkut

O Orkut é a rede social mais popular do Brasil, e não por acaso é a mais utilizada por policiais para discutirem assuntos relacionados a polícia e segurança pública. O recente movimento realizado na PMSE e o posteriormente tentado na PMBA, teve o orkut como ferramenta-chave nas discussões e planejamento das ações reivindicatórias. A PEC 300 tem uma comunidade com mais de doze mil usuários para discutí-la, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), da PMERJ, tem mais de cinquenta mil pessoas em sua comunidade. Com as possibilidades de interatividade, que vão desde fóruns até anúncio de eventos e enquetes. Por isso, o Abordagem Policial possui sua própria comunidade no orkut, com o intuito de reunir os leitores do blog naquela rede social, e gerar discussões sobre temas que tratamos aqui ou, a critério dos usuários, do que ainda não abordamos. Neste momento, destaco as discussões acerca da desmilitarização das polícias e outra que trata dos aspectos legais que envolvem o uso de uniformes da PM por civis. Além disso, criei uma enquete perguntando aos usuários se eles são a favor ou contra a lavratura do Termo Circunstanciado pelas PM's. Se você ainda não faz parte da comunidade, está perdendo a oportunidade de discutir esses e outros temas, além de poder incentivar nosso trabalho, pois quanto mais leitores na comunidade, maior a quantidade de pessoas se identificando com o blog, e maior é nossa motivação. Clique na imagem e acesse a comunidade.
A profissão policial militar, sabemos nós, não é das mais fáceis. Entretanto, em alguns momentos levamos vantagem em relação aos demais profissionais — no caso que quero tratar aqui, pelo menos em relação aos civis. Me refiro à atração que a farda tem às pessoas do sexo feminino. A dona das feições e expressões acima, por exemplo, se encantou com um policial que trabalhava em patrulha numa festa, e que, certamente, por estar representando o Estado no exercício de sua função policial, não pôde lhe dar a devida atenção. Mas o encanto foi tanto, que a moça resolveu procurar o PM numa comunidade do orkut, vejam o print: Como é de se esperar, a irreverência da tropa veio à tona: E não faltaram os motivadamente desconfiados, achando que a loira seria tão-somente uma isca para se obter informações de um PM e utilizá-las para fins escusos: Visitando o perfil da moça, percebe-se que dificilmente se trata de fraude, dado o número de amigos, recados e fotos (sim, muitas fotos) que ela possui. Mas, como diz um policial na comunidade, "ninguém está no coração de ninguém". Deixamos aqui nossa ajuda, caso o PM a reconheça, passe lá no perfil dela e deixe um recado. Mas o faça logo, já que propostas como a que se segue já estão surgindo: "Continue, minha linda, nunca desista. Caso não encontre o seu PM, tenha certeza que muitos serão voluntários". Clique na imagem para visitar o tópico.