Durante a crise, empresas de segurança privada crescem no Brasil 
Governo Temer planeja endurecimento de penas no Brasil 
Como as crianças brasileiras percebem a violência? 

Registro

Para quem não sabe, foi prorrogado para 31 de dezembro de 2009 o registro de armas de fogo de USO PERMITIDO não registradas, bem como renovar o registro de armas que possuem o registro estadual, já que agora é obrigatório o registro Federal. Vale lembrar que qualquer um pode, a qualquer momento, entregar sua arma de fogo, registrada ou não, na Polícia Federal (munido de uma guia de trânsito de arma de fogo obtida no site da Polícia Federal) e receber uma indenização de R$ 100,00 a R$ 300,00. Ia fazer um tutorial sobre o assunto aqui no Abordagem, mas depois que vi o site da Polícia Federal, na seção "Serviço Nacional de Armas", fiquei até impressionado com a metodologia de explicação e com o detalhamento das informações. Lá eles elencam as seguintes situações para se resolver: SE SUA ARMA NÃO POSSUI REGISTRO SE SUA ARMA POSSUI REGISTRO EXPEDIDO PELOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL OU PELA POLÍCIA FEDERAL ANTES DE JULHO DE 2004 SE SUA ARMA POSSUI REGISTRO VENCIDO EXPEDIDO PELA POLÍCIA FEDERAL APÓS JULHO DE 2004 E COM VENCIMENTO ATÉ 31/12/2009 SE VOCÊ QUER ENTREGAR UMA ARMA NA CAMPANHA DO DESARMAMENTO SE VOCÊ DESEJA TRANSFERIR ARMA JÁ REGISTRADA NO DPF CONSULTAS OUTRAS INFORMAÇÕES LEGISLAÇÃO Lembrando que quem não entregar, registrar ou renovar o registro de arma de fogo que esteja em seu poder terá sua arma apreendida e poderá ser preso em flagrante delito pela prática de crime previstos no Estatuto do Desarmamento. Clique na imagem e tenha acesso a TODAS as informações necessárias para realizar os procedimentos acima descritos.