Os problemas com as armas Taurus 
Mulheres com medidas protetivas poderão acionar botão para chamar a polícia em Pernambuco 
Jovens são presos por desacato após comentar ações de policiais 

Rio 2016

Na última semana as pessoas têm me perguntado frequentemente o seguinte: você é a favor da eleição do Rio de Janeiro como cidade sede das Olímpiadas de 2016, mesmo com a violência urbana característica da cidade? Via de regra, respondo questionando se a pergunta se dirige ao profissional de segurança pública ou ao brasileiro que é admirador do seu país. Sim, pois enquanto profissional não posso negar que o Rio de Janeiro, como praticamente todos os grandes centros urbanos brasileiros, é assolado pela insegurança, tendo o tráfico de drogas como seu impulsionador crucial. Mortes não são incomuns, roubos e furtos também não, e, salvo excessões, a população não confia muito nas autoridades constituídas, dentre elas, as polícias. Mas ainda como profissional de segurança pública, acredito que também interessa ao tráfico de drogas - e a outras vertentes da criminalidade - que um evento como esse ocorra. Ainda mais quando sabemos que internacionalmente o Brasil, e peculiarmente o Rio de Janeiro, são conhecidos como o paraíso do turismo sexual, das drogas fáceis e da liberalidade. Unindo-se a isso as relações escusas de autoridades com essas vertentes do crime (ratificando a desconfiança da população), temos uma fundamentação razoável para que as organizações criminosas dêem uma "trégua" à população carioca durante os jogos. Pelo menos à população carioca rica e turista (mas roubos e furtos, fatalmente, ocorrerão). O brasileiro torce. O Rio é uma cidade linda, e só o fato de ter a oportunidade de despontar na frente da norte-americana Chicago, já nos enche de orgulho enquanto patriotas. Ter estrelas do esporte mundial pisando em nosso solo, e diminuir os empecilhos para que atletas brasileiros participem (e ganharem medalhas) da Olimpíada, são bons motivos para torcer pelo Rio de Janeiro. Acordar de madrugada para assistir os jogos? Nem pensar... Por esses motivos, aposto na candidatura do Rio de Janeiro às Olimpíadas 2016, que terá sua cidade sede eleita neste sábado, às 13h30m. Não de modo irresponsável, já que o Panamericano aconteceu sem grandes problemas e que teremos uma Copa do Mundo por aqui em 2014. É uma boa oportunidade para a entrada de investimentos e recursos do exterior, e dos órgãos de segurança do Estado do Rio de Janeiro, notadamente a PCERJ e a PMERJ, mostrarem que são capazes de prover a segurança da população (principalmente porque deverão passar por um processo de reequipamento e revitalização para o evento). E a nós todos, brasileiros, será dada a oportunidade de torcer, mais uma vez, pelo Brasil. Veja como andam as apostas para a candidatura das Olimpíadas 2016.